Suspensa a PMI na FUNED

Seg, 23 de Outubro de 2017 16:44 0 COMMENTS
Imprimir

 

Suspensa a PMI na Funed, continuamos em luta!


editada publicação

No último sábado foi publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, a suspenção do edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) da Fundação Ezequiel Dias – FUNED. Ainda que não signifique a extinção do processo, esta pode ser considerada uma vitória dos(as) servidores(as), que neste momento lutam arduamente contra a privatização da instituição. A publicação foi feita após exigência dos trabalhadores em ato na presença do Presidente Marcelo Siqueira, no “hall” da presidência da Fundação. O ato foi convocado na quinta-feira no imediato do cancelamento da audiência pública que discutiria em presença dos trabalhadores, os ataques sofridos pela FUNED.

A audiência pública que estava marcada para as 10h da manhã na ALMG, foi desmarcada sem aviso prévio aos trabalhadores que compareceram ao local e voltaram para suas casas com grande revolta. O evento teria sido desmarcado depois de um comunicado de impedimento enviado pelo Presidente da FUNED na quarta-feira à noite. Diante da negativa de comparecimento do gestor, os parlamentares Rogério Correia, Carlos Pimenta, Jean Freire e Antônio Carlos Arante que propuseram a discussão, comunicaram o cancelamento da reunião com os trabalhadores já presentes no local. Dos deputados citados, apenas o segundo, Carlos Pimenta, esteve presente no momento do cancelamento, os outros três não compareceram nem enviaram justificativa.

O acontecimento gerou grande indignação que resultou em um ato no “hall” da Presidência da FUNED para cobrar do Presidente, além de uma justificativa para o desrespeito com a mobilização do dia anterior, um posicionamento frente aos processos de desmonte que têm sido recorrentes na instituição. A abertura da Funed ao capital privado, muito criticada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde/MG), é percebida de maneira clara no processo de consulta à indústria farmacêutica, feita através da PMI. O que, no entendimento dos trabalhadores, explicita o começo da tão almejada pelo governo do estado, Parceria Público Privada (PPP), na Fundação.