Negociações em Vespasiano

Ter, 11 de Junho de 2019 18:46 0 COMMENTS
Imprimir

Prefeitura pede prazo até 18/06 para respostas às reivindicações

coração palavras 1

O Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde (Sind-Saúde) Núcleo Regional Vespasiano esteve reunido com a Prefeita Ilce Rocha, o secretário de saúde da cidade, Luiz Felipe Caram e Procurador, para debater problemas que afligem os trabalhadores e são pautas antigas. Entre eles estão os questionamentos de trabalhadores diante dos desencontros de informações em relação ao direito de férias. Os relatos apontam para um ruído na comunicação da equipe de trabalho na gestão que tem gerado desentendimentos no acesso às férias por parte dos trabalhadores. O secretário pediu um prazo até o dia 18 de junho, próxima terça, para apresentar resposta sobre essa e outras questões. Veja o que foi discutido na reunião desta segunda (11) com o Sindicato:


O Sind-Saúde voltou solicitar que seja feita uma lista nominal e se necessário uma escala para o pagamento e concessão das férias afim de que todos tenham acesso de forma igualitária, sem privilégio entre os servidores. A gestão afirmou que na próxima terça apresentará a lista. Também ficou para a próxima terça a proposta de recomposição da Mesa Municipal de Negociação permanente do SUS, a discussão sobre a comissão de estudo do Plano de Carreiras e a estruturação e composição da equipe de saúde do trabalhador - projeto da Casa do Trabalhador. Também ficou para que a prefeitura dê uma resposta no dia 18 sobre o cumprimento da lei 028/2012 que regularizou o vínculo dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate à Endemias (ACE).


Já a inauguração da Farmácia Central, o secretário afirmou que acontecerá em mais ou menos 30 dias.


Outros pontos de reivindicação como o vale-refeição e vale-transporte já foram discutidos diretamente com a prefeita e estão sendo encaminhados. De acordo com a prefeitura, ainda não se sabe o valor do vale-refeição, mas ele deverá ser fornecido de acordo com o vencimento do servidor. O pagamento do vale-transporte está em estudo pela gestão. O Sindicato defende que seja feito de acordo com a legislação trabalhista.


O Sindicato voltou a cobrar a criação e pagamento de Piso Salarial para Técnico de enfermagem. A proposta é que seja construído o cargo de técnico, piso salarial na região e a jornada semanal de 30 horas, incluindo cidades como Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Vespasiano e Região da grande BH através do Consorcio Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Calcário (CISREC).


Durante a reunião, o Sindicato reafirmou que a gestão dos recursos do Sistema Único de Saúde deve ser feita pela secretaria de saúde, conforme preconiza a legislação federal do SUS.