SAMU MACRO NORTE

Ter, 27 de Dezembro de 2016 11:58
Imprimir

Trabalhadores da região Macro Norte se revoltam contra demissão arbitraria 

 

Em assembleia no ultimo dia 21 trabalhadores do SAMU de Montes Claros, reivindicaram o retorno do servidor Cássio Jander Gomes Junior, que segundo os trabalhadores foi demitido arbitrariamente. Por ser servidor público, o condutor do SAMU para ser afastado de suas funções precisa passar por um processo administrativo com direito a ampla defesa, o que não foi dado pela gestão.

 

Os servidores da região Macro Norte manifestam o repudio a tal medida, declarando uma paralisação que irá ocorrer do dia 28 ao dia 30 de dezembro pressionando a gestão a rever a situação. Segundo os servidores o desligamento arbitrário do servidor foi um ato de represália, as reivindicações aos salários atrasados e o pagamento do 13º feita pelos trabalhadores.

 

Entre outras pautas da assembleia que decidiu pela paralisação do dia 28 ao dia 30 estão; as más condições de trabalho e atrasos frequentes no pagamento dos salários. Servidores e servidoras querem condições dignas de trabalho.